O que me constrange?

boy 666803 1920 - O que me constrange?

Gálatas 6.12: Todos
os que querem ostentar-se na carne, esses vos constrangem a vos
circuncidardes, somente para não serem perseguidos
por
causa
da cruz de Cristo. 

Talvez antes de responder a esta pergunta, precisamos entender o que significa se sentir constrangido. O constrangimento nos leva desde a sentir – se envergonhado por fazer algo como também, por não fazer algo. Mas o que dizer quando algo além do Evangelho tenta nos sucumbir, tirando de nós todas as condições de ter uma vida repleta da vontade de Deus? O que te constrange?  

1.O Perigo Do Outro Evangelho

  • Que outro evangelho é esse?

Uma vez que aceitamos Jesus em nossas vidas, temos que ter a certeza de o
que nos foi passado foi a mensagem da Cruz, onde nela Cristo padeceu por nossos pecados nos resgatando para Deus pelo seu sacrifício e nos dando o Ministério da Reconciliação para com todo o mundo.

2Coríntios 5.18:
Ora, tudo provém de Deus, que nos reconciliou consigo mesmo por meio
de Cristo e nos deu o ministério da reconciliação,

  • Quando o estou vivendo

Podemos dizer que se Cristo vive em mim, nova criatura sou, porém até onde estarei vivendo uma nova vida se algo foi imposto sobre a minha vida
sem que ao menos pudesse me libertar do que antes dominava a minha vida? Jesus já dizia que não adianta colocar vinho novo em odre velho, nem
remendo novo em roupa velha, o que é novo vai estragar o que é velho, um vai destruir o outro invalidando assim tanto o novo quanto o velho. Assim também é conosco, não adianta procurar uma nova vida em Cristo e não abandonar, deixar de um a vez por todas tudo aquilo que nos afasta da presença de Deus e nos coloca à merce de todo o mal. Por esta causa o Evangelho na vida de muitos se torna ineficaz e sem valor.

  • Quais consequências isso pode trazer.

Um evangelho sem valor é a pior coisa que pode acontecer à pregação da Palavra de Deus. Quando eu prego a Palavra de Deus, independente da quantidade de pessoas que ocupam o lugar, falo como se falasse para multidões, mas não com o intuito de treinar, ou de me supervalorizar em cima de outros. Talvez o que para muitos possa ser uma simples articulação, para mim é o mais importante momento de minha história: Quando eu prego a Palavra de Deus aquele é o momento mais importante da minha vida, porque tudo que eu acredito, com todas as minhas forças, tudo o que eu procuro fazer fluir de mim – porque aquele que acredita em alguma coisa, toda a sua vida, o seu modo de viver, demonstra naturalmente a sua fé. Se o evangelho não entra em você é porque talvez você tenha aberto apenas uma parte da porta, deixado entrar apenas uma parte de Cristo em sua vida, e vivido uma amostra grátis do que o Reino de Deus pode proporcionar.

2.O seu amor nos constrange

2ªCorintios 5. 14- 17:
Pois o amor de Cristo nos constrange, julgando nós isto: um morreu por todos; logo, todos morreram. E ele morreu por todos, para que os que vivem não vivam mais para si mesmos, mas para aquele que por eles morreu e ressuscitou. Assim que, nós, daqui por diante, a ninguém conhecemos segundo a carne; e, se antes conhecemos Cristo segundo a carne, já agora não o conhecemos deste modo. E, assim, se alguém está em Cristo, é nova criatura; as coisas antigas já passaram; eis que se fizeram novas.

  • Incondicional!

Assim costumamos definir o amor que Cristo tem por nós. Não achamos uma explicação mais correta do que esta, pois o amor de Cristo é um ato sem precedentes:

  1. Ele nos amou primeiro
  2. Ele nos amou antes da
    fundação do mundo
  3. Ele nos amou antes mesmo
    de sermos gerados no ventre de nossa mãe
  4. Ele nos amou quando
    nascemos neste mundo
  5. Ele nos amou antes mesmo
    de entendermos que Ele nos já amava
  6. Ele nos ama quando nos
    achegamos a Ele
  7. Ele nos ama mesmo quando
    o deixamos de lado
  8. Ele nos ama o suficiente
    para nos aceitar de volta
  9. Ele nos ama nos momentos
    de alegria e nos momentos de dor. Em todos os momentos Ele está
    conosco
  10. Ele nos ama porque Ele
    quer, nós não fizemos nada para que isto acontecesse, foi Ele quem
    fez.
  • Planos que vão além da minha imaginação

Existe uma diferença muito grande entre o evangelho de Cristo e o evangelho dos homens. Em Isaías 55.8-11 encontramos a seguinte passagem:  

Porque os meus pensamentos não são os vossos pensamentos, nem os vossos caminhos, os meus caminhos, diz o SENHOR, porque, assim como os céus são mais altos do que a terra, assim são os meus caminhos mais altos do que os vossos caminhos, e os meus pensamentos, mais altos do que os vossos pensamentos. Porque, assim como descem a chuva e a neve dos céus e para lá não tornam, sem que primeiro reguem a terra, e a fecundem, e a façam brotar, para dar semente ao semeador e pão ao que come, assim será a palavra que sair da minha boca: não voltará para mim vazia, mas fará o que me apraz e prosperará naquilo para que a designei.  

Os pensamentos de Deus a nosso respeito, são muito mais vastos e abrangentes do que o que queremos de melhor para nós mesmos. A sua
palavra não volta para Ele sem ter cumprido a Ordem que lhe foi dada. Quando lemos no primeiro capítulo do evangelho de João, encontramos uma revelação maravilhosa. A palavra traduzida por VERBO na maioria das traduções da Bíblia em português, vem da palavra grega LOGOS, erroneamente se traduz, quase que em automático LOGOS por estudo,
mas, na verdade, LOGOS significa PALAVRA. Ora se Cristo era a PALAVRA que no princípio era Deus, estava com Deus e andava com Deus, também podemos inferir que o Dixitque Deus (comparando Isaías 55 11 com Gênesis 1.3) também era Cristo, fazendo com que se cumprisse toda a ordem de Criação dada por Deus. Quando vemos o cuidado de Cristo nos mínimos detalhes, desde os primeiros milésimos da criação até a preparação do caminho de reconciliação com Deus, entendemos o porque de se ter um evangelho genuíno, que seja, pelo menos, digno do Senhor que o estabeleceu. É este amor que nos constrange!

  • Nova Criatura com velhos hábitos?

Sou enfático neste ponto, pois ao ver como tem se mostrado o evangelho
nos dias de hoje, me lembro claramente o que Dietrich Bonhoeffer
escreveu em seu livro Discipulado:


A graça barata é inimiga mortal de
nossa Igreja. A nossa luta trava-se hoje em torno da graça preciosa
que é um tesouro oculto no campo, por amor do qual o homem sai e
vende tudo que tem (…) o chamado de Jesus Cristo, ao ouvir do qual
o discípulo larga suas redes e segue (…) o dom pelo qual se tem
que orar, a porta a qual se tem que bater.

Não gosto de pensar que
estou acima de todos, ou mesmo que me sinto há vontade para discutir
sobre este ponto, mas ao ver um evangelho cheio de nada a ver
concordo que estamos chegando a um limite de esfriamento espiritual
muito grande em nosso país. Talvez
se olharmos com muita atenção, veremos que as coisas não estão
tão obscuras quanto antigamente. As forças do mal estão
trabalhando cada vez mais às claras, dando indícios fortíssimos de
que tem conquistado territórios que talvez jamais sonharam alcançar.
Só pra se ter uma ideia de como está diante de nossos olhos, no
filme Wolverine Imortal, na cena do jantar entre o herói e a neta de seu antigo amigo, vemos um fato curioso: ao fincar o HASHIi – os famosos pauzinhos – na sopa, a sua companheira do momento lhe chama a atenção com a seguinte frase:

HASHI pra cima é mau presságio, lembram incenso no funeral. Nada é sem significado.

Quando ouvi esta frase
enquanto assistia ao filme, não perdi tempo em não anotá – la,
pois era uma confirmação séria de como as coisas estão hoje em
dia explícitas em todos os cantos. Se é afirmado que Nada
é Sem Significado
, então devemos nos preocupar em nos manter em
um evangelho cheio da graça preciosa. Nada
de ficar caçando truques e manobras para se dar bem nesta vida!
Quando a Bíblia fala que as ruas da Nova Jerusalém Celestial são
de ouro e seus muros de pedras preciosas, ali está sendo revelado categoricamente que o que tem muito valor aqui neste mundo não tem
valor nenhum na eternidade. Já coisas como o amor ao próximo, a comunhão entre os irmãos, o concerto e o perdão entre os que estão
em inimizade são de valor incalculável a ponto de Jesus Cristo ser sincero e definitivo que se quando fosse ofertar ao Senhor, algum irmão tivesse algo contra era obrigatório ir primeiro reconciliar-te com teu irmão; e, então, voltando, faze a tua oferta (Mateus 5.24). Jesus diz aqui claramente que não adianta ofertar a Deus, ou trazer os seus dízimos ao Senhor se existe uma contenda com o seu irmão. Devemos procurar o que
realmente é de valor.

3.Quero Ver A Deus

Êxodo 24. 7-11: Moisés tomou metade do sangue e o pôs em bacias; e a outra metade aspergiu sobre o altar. E tomou o livro da aliança e o leu ao povo; e eles disseram: Tudo o que falou o SENHOR faremos e obedeceremos. Então, tomou Moisés aquele sangue, e o aspergiu sobre o povo, e disse: Eis aqui o sangue da aliança que o SENHOR fez convosco a respeito de todas estas palavras. E subiram Moisés, e Arão, e Nadabe, e Abiú, e setenta dos anciãos de Israel. E viram o Deus de Israel, sob cujos pés havia uma como pavimentação de pedra de safira, que se parecia com o céu na sua claridade. Ele não estendeu a mão sobre os escolhidos dos filhos de Israel; porém eles viram a Deus, e comeram, e beberam.

  • O acesso que vem pelo Sangue do Cordeiro

As pessoas querem ver Deus, mas não querem receber o sangue do cordeiro em seus corpos. Diferentemente do que muitos querem pregar, Moisés entendeu perfeitamente que somente pelo sangue do cordeiro ele poderia obter legalidade para que seus companheiros pudessem ver a Deus. O sangue derramado naquele dia fora somente para que naquele momento Deus fosse revelado àqueles escolhidos. Hoje através do sangue de Cristo, o Cordeiro de Deus, temos constantemente acesso a Deus, mas não somente acesso a Ele, como também foi – nos dado o direito de que Deus tivesse acesso a nós. O pecado nos afasta de Deus, e isto nos impede de sermos ligados a Ele. O sangue de Jesus nos purifica de todo pecado, e é por este sangue que nós alcançamos a verdadeira liberdade, que é a em Cristo Jesus.

  • Faremos e Obedeceremos

É lindo ouvir o discurso sobre a salvação em Cristo. Chega a ser poético quando nos deparamos com palavras como: pelo seu amor, levou sobre si os nossos pecados, pelas suas pisaduras fomos sarados, mas quando vemos que existe um algo a mais que precisa ser precisamente feito e obedecido, vemos que muitos desistem de seguir a Jesus Cristo. No confronto em Atenas, Atos 17.16-34, o Apóstolo Paulo se indigna com a idolatria dos
atenienses, e em meio a tanta idolatria ele encontra um altar ao Deus
Desconhecido.
É interessante notar que a preocupação dos atenienses quanto ao culto, porém com medo de que algum deus desconhecido não fosse adorado, eles o adoravam sem conhecê – lo. Pode – se dizer que isto faz parte do homem: adorar a aquele que o criou, porém a nossa própria mente procura meios de planejar como seria este Criador, independente de que cultura, povo ou continente esteja habitando o homem. Há referências a um deus sem face, invisível e impalpável, desprovido de história mítica na
religião Asteca, para quem o rei de Texoco, Nezaucoyoatl, mandou fazer um
templo sem ídolos, apenas uma torre. Esse rei o definia como aquele, graças a quem nós vivemos. Se estamos condicionados a buscar preencher um vazio, que muitas vezes é ocupado por vontades e pensamentos que apenas nos enganam, nos fazendo obedecer a nosso próprio prazer, então posso dizer categoricamente que aquele que encontrou a Cristo Jesus e se sujeitou
a Ele, como o seu soberano Deus, Rei e Senhor deve fazer e obedecer a Sua
MARAVILHOSA VONTADE.

E onde encontramos a sua vontade? Na Bíblia que é a Palavra de
Deus. A Bíblia, por mais refutada, combatida e desprezada que seja, é com certeza a mais perfeita e correta portadora da Palavra Exata que Deus deu aos homens. Um livro atual, que aberto ou fechado não deixa de ser a Palavra de Deus, que serve de inspiração para todos os que buscam auxilio e traz a presença do Espírito Santo a aquele que busca. Seguir a vontade de Deus é cumprir a sua Palavra, não só em parte, mas completamente. A entrega de Cristo foi total, e foi por nós! A única coisa que ele nos pede é que nos entreguemos a Ele.

4.Conclusão

O grande erro de todo ser humano é querer dominar o seu próximo. Através dos tempos temos visto homens e mulheres fazendo com que seus
semelhantes sejam prejudicados por suas imposições e interesses. Quando agimos assim não estamos vivendo um evangelho genuíno, estamos buscando na verdade agraciar o nosso ego, envergonhando a Cristo e a toda a sua obra. A sua verdadeira vontade é fazer a sua própria vontade, e isso se torna um grande problema, pois os que se portam assim não querem ser de Cristo de verdade, querem um Cristo mas não querem o compromisso, somente para não serem perseguidos por causa da cruz de Cristo. 


c8303169198c00448a49a9e44db536fc?s=96&d=mm&r=g - O que me constrange?

Pr Miquéias Tiago

O Pr Miqueias Tiago é teólogo, poimênico, psicopedagogo, escritor, blogueiro, Youtuber, professor de teologia, coach em desenvolvimento eclesiástico, empresarial e humano. Esposo, pai e pastor.
Marcações:

Deixe uma resposta