Falar, Falar e Falar!!!

Quando penso que temos que levar a Palavra de Deus às pessoas, tenho realmente me preocupado em levar aquilo que realmente valha a pena.

Não considero apenas o momento que as pessoas destinam a estar ali na igreja ou diante do computador esperando encontrar na pregação da Palavra uma resposta ou auxilio para as dificuldades de sua vida ou apenas uma Palavra de Vida vinda diretamente de Deus. 


A Palavra de Deus não pode e nem deve ser sucumbida por cânticos ou orações, muito menos por testemunhos pessoais. Assim penso eu. Pois mesmo que as musicas sejam bonitas, as orações sejam intensas e produtivas e os testemunhos sejam edificantes, a Palavra sempre tem que ter a primazia sobre todos os acontecimentos do culto.


Um pedreiro pode construir grandes edifícios, com paredes maravilhosamente esquadrinhadas, com diversas operações arquitetônicas cobrindo tudo, mas se não tiver um alicerce de concreto e este for muito bem firmado, toda a construção tem a grande possibilidade de cair e ser destruída. Assim também é um culto sem a preocupação correta com a Pregação da Palavra.


O que vemos hoje em dia é que muitos estão menos preocupados com a pregação da Palavra de Deus e estão entregando nos púlpitos grandes espetáculos de stand-up, promovendo grandes palestras de autoajuda, onde muitos tem usado o momento da pregação no púlpito apenas para se promoverem e assim se sentirem valorizados e interessantes para a igreja em que estão se apresentando. Esquecendo – se muitas vezes que aquilo que dizemos no púlpito é levado pra casa, por trabalho, pra família e muitos dos que são ouvintes da Palavra tem apenas um contato semanal com ela, sendo assim bombardeados com besteiróis e chocarrices ao invés da Santa e Sensata Palavra de Vida Eterna.

Durante anos sofri de uma “miopia espiritual”, na qual preocupava em apenas apresentar uma palavra de Deus cheia de conhecimento teológico e de acordo com o que era mais aceito nos grandes círculos temáticos bíblicos até então aceitos nos meios evangélicos. Esta miopia me impediu durante anos de enxergar que, mesmo os considerados crentes comuns quanto os inteirados teólogos se faziam necessitados de algo mais do que teorias e conceitos teológicos.

Esta miopia é muito comum enquanto nos preocupamos apenas com os aspectos teológicos e filosóficos inerentes a palavra de Deus, mas sempre que nos preocupamos com o que a Palavra de Deus quer dizer, esquecemos muitas vezes do que ela quer nos dizer.

Temos que nos lembrar sempre do que Deus utiliza a Bíblia Sagrada para falar conosco, se nos esquecemos que Ela é um instrumento de comunicação divina e apenas nos preocuparmos e traduzir os seus significados como fosse apenas um instrumento de decifração então não saberemos o que DEUS quer nos falar e quer falar aos outros também.

Por isto, devemos nos preocupar em pregar a verdadeira Palavra de Deus, seja ela para crescimento, admoestação ou glorificação do nome do nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, mas nunca para o nossa própria promoção.


c8303169198c00448a49a9e44db536fc?s=96&d=mm&r=g - Falar, Falar e Falar!!!

Pr Miquéias Tiago

O Pr Miqueias Tiago é teólogo, poimênico, psicopedagogo, escritor, blogueiro, Youtuber, professor de teologia, coach em desenvolvimento eclesiástico, empresarial e humano. Esposo, pai e pastor.

Deixe uma resposta