REFLEXÃO: A CULTURA DE CRISTO

love 699480 960 720 - REFLEXÃO: A CULTURA DE CRISTO

Todos os dias vemos pessoas passando pelas ruas sem saber realmente qual o sentido de tudo o que elas têm feito. Isto não acontece por puro desinteresse ou simples descuido. Na verdade, isto é fruto de uma cultura em que a maioria das pessoas está inserida e onde o costume é que não saibam realmente qual o verdadeiro sentido da vida.

Muita gente segue assim, sofrendo dia após dia com a certeza de que “se morrer hoje, amanhã fazem dois dias” e o mais triste é que muita gente tem se apegado a este pensamento e se entregado a incessantes decepções que tem gerado incontáveis traumas, levando a solidão, depressão e até mesmo ao suicídio.

Ao mesmo tempo que apresentamos este terrível quadro de “cruel mundo real”, queremos que você conheça um lugar que acreditamos ser muito mais real do que qualquer outro lugar na existência.

Estamos falando do Céu e falar do céu não é tarefa fácil, uma vez que a maioria de nós não faz ideia de onde e como ele seja de fato. Isso, acredito eu, se dê por estarmos tão acostumados a pensar nas coisas ruins que não conseguimos imaginar minimamente como seria o lugar que Deus preparou para se viver eternamente.

gold 1369453 960 720 - REFLEXÃO: A CULTURA DE CRISTO

O caso é que a grande maioria das pessoas não sabem realmente nem o que é viver uma boa vida! Confundimos ter dinheiro no bolso, casa própria e carro do ano com felicidade. Isso por causa da crença de que felicidade é ter todas a contas pagas. O problema é que provavelmente você também deve conhecer muita gente que está com as contas em dia, mas que não consegue acordar de manhã com um sorriso no rosto.

Tudo o que dissemos acima (casa, carro, dinheiro na mão) na verdade não passam de bens, que infelizmente com o tempo vão se desgastar, perder o seu valor e acabar não valendo nada.

E é exatamente esse o ponto que eu quero levantar, tudo isto que nós supervalorizamos são apenas COISAS. Assim as COISAS tomam o lugar das pessoas e quando temos que nos relacionar, travamos verdadeiras batalhas com diversas bandeiras, cores e causas. Somos tão implacáveis contra nossos adversários que realmente dá medo de se relacionar com alguém.

Agora, quando falamos de cultura do céu trazemos algo completamente diferente. Uma vez que nele não precisamos lutar contra nosso semelhante para defendermos as nossas posições. É como disse o apóstolo Paulo na carta ao Efésios no capítulo 6, que a nossa luta não é contra a carne e nem contra o sangue! O nosso semelhante não é o nosso inimigo, precisamos é seguir a paz com todos (Romanos 12.18).

Há uma confusão feita sobre o que é ou não esse lugar chamado céu. Paz não é ausência de guerra, mas sim um estado de plenitude, onde podemos nos sentir seguros em qualquer tipo de situação que se apresente. Alegria também não é algo que vai embora no primeiro problema, mesmo que tudo esteja dando errado, não existe nenhuma regra que nos obrigue a ficar tristes ou que nos constranja a não demonstrar alegria quando estamos com problemas.

Quando vivemos a cultura de Cristo estamos vivendo somente aquilo que Deus planejou para nossas vidas.

É claro que existe a morte e a dor, ainda vamos ser deixados de lado e muitas vezes vamos ficar decepcionados com as pessoas, afinal, perfeito e completamente perfeito só Jesus Cristo. Já quanto ao restante das pessoas sabemos que uma parte pelo menos pretende acertar e creio que fazemos parte deste grupo.

A cultura de Cristo nos traz a possibilidade de ter a ESPERANÇA de que vamos vencer em todas a situações e mesmo na derrota, encontramos motivos para continuar, porque esta esperança não está condicionada a nossa vontade, ou as divergências encontradas no dia a dia. A Esperança que vem diretamente de Cristo nos leva a romper barreiras, criar pontes e principalmente promover a paz, levando alegria e felicidade até mesmo a aqueles que nada tem.

Viver na cultura de Cristo, não é se prender um conjunto de regras estabelecidas por algumas pessoas, é buscar crescer em meio as adversidades sendo fortalecidos pelo Senhor Jesus Cristo.

O Senhor é a minha força e o meu escudo; nele o meu coração confia, nele fui socorrido; por isso, o meu coração exulta, e com o meu cântico o louvarei. (Salmo 28 verso 7)


c8303169198c00448a49a9e44db536fc?s=96&d=mm&r=g - REFLEXÃO: A CULTURA DE CRISTO

Pr Miquéias Tiago

O Pr Miqueias Tiago é teólogo, poimênico, psicopedagogo, escritor, blogueiro, Youtuber, professor de teologia, coach em desenvolvimento eclesiástico, empresarial e humano. Esposo, pai e pastor.

Deixe uma resposta