A Fé sem Obras: Podcast 25

fé sem obras

A fé sem obras

A fé sem Obras é morta, nós sabemos disto em princípio, mas fazemos algo que seja realmente condizente com nossa fé?

Aliás, sempre que nos deparamos com esta frase, encontramos diversas pessoas preocupadas com as obras da lei, sem saber do que realmente se trata.

Há quem diga, que eventualmente a lei fora anulada pela graça de Cristo. Confesso que não encontrei isso em nenhum ensino de Cristo.

Afinal, o que ele fez foi realmente cumprir a lei e não fazer como os demais de sua época faziam, que era dar vazão a interpretação da lei em lugar de seguir a própria lei.

Assim, vemos que não era a lei, ou suas obras o problema, mas sim como as pessoas agiam mediante a sua fé em Deus.

Tiago, o pastor de Jerusalém, escritor desta epístola, nos remete exatamente a pensar e questionar isto:

O que nós estamos fazendo com a fé que proclamamos ter?

Eu tenho visto ser muito fácil ajudar a estranhos. Somos mestres em socorrer àqueles que não conhecemos.

Mas quando se tratam de pessoas que, maior parte do tempo, fazem parte de nosso convívio tudo fica mais tenso.

É uma constante repulsa e não param as reclamações quando vemos que alguns se negam a ajudar aquele seu irmão (carnal ou em Cristo) que está passando por necessidades.

Quanto a isto, precisamos inegavelmente tratar com maior precaução.

As obras que geram a fé

Somos obreiros do Senhor. Independentemente de sua posição social, cargo na igreja, ou como a sua comunidade te enxerga.

As obras do Senhor são diversas e não dependem de nossa determinação do que seja ou não, mas sim de estarmos dispostos a servir ao Senhor e em nome dele aos que nos cercam.

A vida pode parecer um pouco distanciada daquilo que gostaríamos que fosse o correto.

Ademais, vivemos em um mundo que pode ou não nos ser receptivo. Enfim, estamos aqui com algum objetivo.

Por isto devemos nos ater em ser aquilo que Deus quer que sejamos verdadeiramente.

As obras que geram fé, são as mesmas que provém do coração de Deus diretamente ao nosso coração.

É incrível quando encontramos um coração realmente caridoso, influenciado apenas pela vontade de Deus e embasado pela Palavra!

É alegria mesmo, o que vemos em seus olhos quando falam das coisas que fazem. Não se importando com o que gastam ou com o que vão receber.

Fazer a vontade de Deus independe de fazer a nossa vontade, por isto é que a fé sem obras é morta.

Uma fé que depende de algo que precise necessariamente de nós é uma fé fraca, pois está firmada em algo passageiro.

Somos seres temporais e não podemos nem determinar o quanto tempo teremos realmente de vida.

Tudo passa como a correnteza de um rio não é verdade? Mesmo assim, parece que existem pessoas que não descobriram isto.

A fé que gera obras

É impossível alguém que tenha fé, não ter alguma coisa para mostrar. A fé só pode ser confirmada através de obras.

Não confunda as obras da lei, com as obras da fé. Não é algo que seja legalista, ou obrigatório, conforme a ordem de outros.

A diferença maior das obras da fé está em ser algo feito por amor, dedicação e acima de tudo fé.

Ainda que nosso tempo não seja totalmente direcionado a fazer a obra de Deus, pela fé que temos nele, sabemos que nossas ações procurarão agradá-lo.

Realmente a fé supera as fronteiras, sejam elas quais forem. Não sei o que é ver com outros olhos senão os da fé.

Sonhadores sonham, esperançosos esperam, mas descrentes apenas criticam

A fé é firmada naquilo que não temos, mas que temos a certeza de que receberemos. O principal é não dar ouvidos a quem não crê.

Existem pessoas especialistas em frustrar os planos alheios.

Como são terra seca, que mata as sementes da fé, plantadas em seus corações, a verdade lhes é a certeza do fracasso.

Nós podemos sonhar até mesmo acordados, o que não podemos é viver pesadelos constantemente.

O fato mais intrigante disso tudo está no fato de que a fé sem obras está mais para uma filosofia barata de vida, do que para fé mesmo.

Alguns acreditam que a sua postura, ou seu proceder é que lhe garante a salvação, ao passo que a Bíblia remonta somente a fé.

Outro fator é este, até que ponto estamos prontos para deixar nossa fé ser provada. Ser dominado pelos críticos nos limita vontade de terceiros.

Precisamos renovar nossas expectativas para que tão certo como o sol brilha, assim alcançaremos aquilo que almejamos.

Sobretudo, devemos nos lembrar que está escrito: Pede-me e lhe darei as nações! (Salmo 2.8)

Ora, se as nações podem ser nosso objeto de petição, então não há limites para o que podemos crer que o Senhor nos dará.

A fé sem obras é morta, é verdade e ainda tem muitos que deixa sua fé morta governar suas vidas.

O soluço do choro de uma criança, o desespero no choro de uma mãe, o desprezo recebido pelo pai que não consegue alcançar seus objetivos não são exclusividade dos que não tem fé, mas é uma constante na vida daqueles que não se “agarram nas orlas das vestes de Cristo”.

Ou sabemos que nosso Deus é vivo e poderoso, mais que o suficiente, para nos atender, ou esquecemos que ele existe.

Surpreendentemente existem aqueles que ficam se dividindo entre as obras da carne e as obras da fé.

Não há como servir a dois senhores. Pior ainda quando vemos que estes senhores são incontestavelmente incompatíveis.

Se temos fé, agiremos como quem tem fé, se não conseguimos viver de acordo com a nossa fé, não poderemos entender muitas coisas.

Somente pela fé é que temos coragem suficiente para viver cada dia. Para alguns isto pode parecer pouco, entretanto para muitos isto é o que eles têm.

A fé sem obras é morta, porém não precisamos ser mortos também.

Deus te abençoe em nome de Jesus

 

Pr Miquéias Tiago

 

Acesse nossas redes sociais e nossa loja virtual


c8303169198c00448a49a9e44db536fc?s=96&d=mm&r=g - A Fé sem Obras: Podcast 25

Pr Miquéias Tiago

O Pr Miqueias Tiago é teólogo, poimênico, psicopedagogo, escritor, blogueiro, Youtuber, professor de teologia, coach em desenvolvimento eclesiástico, empresarial e humano. Esposo, pai e pastor.

1 comentário em “A Fé sem Obras: Podcast 25”

Deixe uma resposta